Remessas de celulares 5G da China atingem 485 mil unidades no terceiro trimestre, diz relatório

2019-11-16 19:05:56丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 16 nov (Xinhua) -- As remessas de celulares 5G da China atingiram 485 mil unidades no terceiro trimestre deste ano, segundo a empresa de consultoria do mercado global International Data Corporation (IDC).

De acordo com a mais recente pesquisa trimestral realizada da IDC sobre celulares, a maioria das unidades custavam mais de US$ 700, mas também havia atividade em faixas de preços mais baixas.

A Vivo conquistou uma liderança na fase inicial ao lançar dois modelos 5G em um mês, com presença na categoria de mais de US$ 700 via canais offline, como também abocanhou uma porção no mercado de celulares 5G com preços entre US$ 450 a 550 via canais on-line.

Em contraste, a Huawei e a Samsung só tem celulares 5G na faixa mais alta de preços, enquanto produtos da ZTE e China Mobile custam entre US$ 600 a 650. A Xiaomi conseguiu ocupar a faixa de US$ 450 a 550, de acordo com o relatório.

A construção das redes de quinta geração na China vem se acelerando rapidamente com o apoio do governo e políticas de co-construção e compartilhamento entre operadoras. Mas uma cobertura geográfica mais ampla levará tempo, e a IDC prevê que,por enquanto, as remessas de dispositivos deve superar os números de clientes.

"Felizmente, as tarifas de dados têm preços atraentes em relação ao 4G, e completa os níveis de velocidade para diferentes demandas dos usuários", disse a IDC, acrescentando que espera que o impulso industrial impulsione os volumes em 2020.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001385604321