Exposição israelense mostra papel das cidades sustentáveis em tratamento das mudanças climáticas

2019-07-21 15:10:00丨portuguese.xinhuanet.com

Por Nick Kolyohin

Jerusalém, 19 jul (Xinhua) -- O Museu de Arte de Tel Aviv, em Israel, lançou nesta quinta-feira uma exposição única sobre as cidades que lutam contra o aquecimento global, na esperança de enfatizar a urgência da futura crise.

A exposição, chamada de Guerrilha Solar: Respostas Construtivas à Mudança Climática, enfatiza o que as cidades e seus moradores podem fazer antes que seja tarde demais.

O comunicado do museu disse que é a primeira exposição de museu do gênero no mundo abordando a questão da mudança climática a partir da perspectiva das cidades como ferramentas para promover uma mudança.

Maya Vinitsky, curadora da exposição, disse à Xinhua que "vivemos em uma época em que fenômenos climáticos extremos estão quebrando recordes, e projetos para lidar com eles estão sendo multiplicados em várias cidades ao redor do mundo".

"Na exposição, optamos por apresentar a cidade como uma ferramenta ideal para lidar com as mudanças climáticas", acrescentou Vinitsky.

A exposição, que consiste em seis seções temáticas com destaques de estudos de casos em Israel e no mundo, será aberta para visitantes de 18 de julho a 15 de dezembro.

Fontes acessíveis de energia verde e renovável para a população urbana, diminuindo a emissão de gases poluentes e a demanda ecológica, estão entre as idéias da exposição.

A mudança climática está se tornando um assunto urgente em Israel e em todo o mundo. Embora exista céticos, a maioria da comunidade internacional concorda que é uma ameaça significativa para o futuro do planeta.

Profissionais de todo o mundo, empresas comerciais e instituições públicas e privadas estão colaborando para enfrentar as mudanças climáticas.

Há 35 estudos de caso no mundo inteiro exibidos na exposição, incluindo cidades como Nova York, Chicago, Copenhague, Xangai, Cingapura e Tel Aviv.

"Eventos climáticos extremos, que estão crescendo frequentemente, estão entre as preocupações mais urgentes enfrentadas pelo mundo atualmente", disse Tania Coen-Uzzielli, diretora do Museu de Arte de Tel Aviv.

A mudança climática é influenciada por forças naturais e ações humanas, afetando não apenas o meio ambiente, mas também assuntos gerais, como campos sociais, políticos e econômicos.

Soluções eficientes para as questões de mudança climática podem ser encontradas em um nível local, onde o engajamento das comunidades urbanas pode se revelar eficaz no combate aos danos ambientais, de acordo com a declaração da exposição.

Em Israel, há uma tendência crescente de construir edifícios sustentáveis ​​com mais eficiência energética, menos aquecidos durante o verão ou refrigerados durante o inverno.

Modelos sustentáveis ​​de construção mostrados na exposição têm muitas árvores nas varandas, paredes e telhados, melhorando o ar das cidades que sofrem com poluição e resfriando a temperatura.

Orli Ronen, chefe do laboratório de sustentabilidade urbana e inovação, da Escola Porter de Estudos Ambientais da Universidade de Tel Aviv, disse que as cidades devem se adaptar às mudanças climáticas que estão por vir.

O mundo está mudando e as cidades ficarão mais quentes, as tempestades se tornam cada vez mais fortes e há fenômenos climáticos em lugares que nunca houveram antes, disse Ronen em entrevista à Xinhua.

O clima extremo também pode significar invernos mais frios, aumento do nível do mar, ocorrência de ciclones em lugares completamente novos, de acordo com Ronen.

As cidades do futuro poderiam ser planejadas e construídas quase que completamente sustentáveis, o que lhes permitiria se prover e afetar muito menos a saúde do planeta.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001382450571