China diz que políticos dos EUA devem ter "atitude saudável" para assistência à África

2019-05-23 10:37:43丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 23 mai (Xinhua) -- Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China aconselhou na quarta-feira que certos políticos norte-americanos pelo menos desenvolvam uma atitude saudável sobre a ajuda de outros países ao desenvolvimento da África.

Essas pessoas devem fazer algo substancial e útil se eles realmente se preocupam com os países em desenvolvimento, declarou o porta-voz Lu Kang. "Se não puderem fazê-lo eles mesmos, pelo menos devem ter uma atitude positiva para com os esforços dos outros países na ajuda com o desenvolvimento da África."

Lu fez as declarações em uma coletiva de imprensa ao comentar o chamado "Projeto de Lei da Armadilha da Dívida Chinesa", promovido pelo congressista americano Brad Sherman com o objetivo de ajudar os terceiros países a escapar de uma "armadilha de dívida colocada pela China".

Ao refutar essas afirmações como retórica política de alguns políticos norte-americanos, Lu disse que essas pessoas devem escutar as opiniões verdadeiras dos países "com que elas se preocupam".

O porta-voz citou o presidente namibiano, Hage Geingob, que disse que os empréstimos da China à Namíbia constituem apenas 2,6% da dívida total do governo, e que se tratam sobretudo de créditos sem juros, e que os acordos creditícios sino-namibianos foram alcançados através de consultas iguais sem a imposição de condições políticas.

Lu indicou que o presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, e o presidente do Djibuti, Ismail Omar Guelleh, também rechaçaram a afirmação de que a carga da dívida da África foi causada pela China e mostraram a confiança na cooperação China-África.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001380824211