Mais alto legislador da China busca aproveitar potenciais de cooperação com Áustria

2019-05-22 11:17:42丨portuguese.xinhuanet.com

AUSTRIA-VIENNA-LI ZHANSHU-AUSTRIAN PRESIDENT-MEET

(Xinhua/Shen Hong)

Viena, 21 mai (Xinhua) -- O mais alto legislador da China, Li Zhanshu, fez uma visita amistosa oficial à Áustria de 18 a 21 de maio, onde se reuniu com líderes do país europeu para promover os laços bilaterais e expressar a posição da China de defender multilateralismo e o livre comércio.

TROCAR OPINIÕES SOBRE LAÇOS E ASSUNTOS MUNDIAIS

Em reunião com o presidente austríaco, Alexander Van der Bellen, Li, presidente do Comitê Permanente da Assembleia Popular Nacional (APN), transmitiu as saudações do presidente chinês, Xi Jinping.

Ele lembrou que, durante a visita de Estado do presidente austríaco à China em abril do ano passado, os chefes de Estado dos dois países estabeleceram juntos uma nova orientação para os laços bilaterais, que impulsionaram as relações para entrarem em uma nova fase.

"A China está disposta a trabalhar com o lado austríaco para implementar o importante consenso dos dois chefes de Estado e promover o desenvolvimento profundo de cooperação em diversas áreas", apontou Li.

Durante a reunião, Li e Van der Bellen também trocaram opiniões profundas sobre os assuntos de preocupação comum, incluindo livre comércio, mudança climática e a questão nuclear iraniana.

Li disse que a China sempre segue o princípio de respeito mútuo, tratamento igual, benefício recíproco e desenvolvimento comum ao lidar com a relação entre os países.

"Manter o multilateralismo e o livre comércio é a responsabilidade de toda a comunidade internacional. O unilateralismo e protecionismo comercial não estão de acordo com a tendência mundial", enfatizou Li. Ele acrescentou que a retirada e as sanções unilaterais não só prejudicarão os outros países, mas também os interesses dos países que tomam as medidas.

Li destacou que a China defende que as diferenças econômicas e comerciais devem ser resolvidas por negociação e consulta. Além disso, as pessoas que conduzem negociações devem seguir um ponto principal e alguns princípios, manter a conformidade com as regras do comércio internacional, seguir a igualdade, benefício mútuo e a não discriminação, além de se opor resolutamente à "jurisdição de braço longo".

A China está disposta a trabalhar com os países, incluindo a Áustria, para defender o multilateralismo e o livre comércio, lidar com os desafios mundiais e promover a construção de uma comunidade com futuro compartilhado para a humanidade, afirmou Li.

Por sua parte, Van der Bellen elogiou o desenvolvimento dos laços bilaterais e disse apreciar altamente o papel positivo da China nos assuntos mundiais. Ele apontou que o lado austríaco compartilha as mesmas ou semelhantes posições com o país asiático em muitos assuntos.

Os dois lados devem fortalecer a comunicação e a coordenação em assuntos internacionais e regionais, apoiar a liberalização e a facilitação em comércio e investimento, lidar juntos com as mudanças climáticas e promover a cooperação amistosa para gerar mais resultados, salientou o presidente austríaco.

APROVEITAR MAIS POTENCIAIS DE COOPERAÇÃO

Ao se reunir com o chanceler da Áustria, Sebastian Kurz, Li ressaltou que a construção conjunta do "Cinturão e Rota" se tornou um novo ponto de crescimento para a cooperação bilateral. Os dois lados devem seguir o princípio de consulta extensa, contribuição conjunta e benefícios compartilhados e continuamente explorar e aproveitar o potencial de cooperação.

Li pediu aos dois países que aprofundem a cooperação em áreas como manufatura de alto nível, conservação de energia, proteção ambiental, agricultura ecológica, turismo e finanças. Os dois lados devem explorar ativamente a cooperação inovadora em áreas como internet, big data, inteligência artificial e tecnologia 5G.

Observando que a China está se preparando para os Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022, Li destacou que o país aprenderá com a experiência da Áustria e executará cooperação em treinamento de atletas, ensino e pesquisa de esportes de inverno e equipamentos destas modalidades.

"A China sempre considera a Europa como um parceiro estratégico abrangente e uma importante potência mundial que é indispensável". Li acrescentou que o país está contente em ver a Europa manter a unidade, estabilidade, abertura e prosperidade e apoia o processo de integração no continente.

Kurz disse que a Iniciativa do Cinturão e Rota instalou uma nova plataforma para a cooperação igual entre os países no mundo. A China é o maior parceiro comercial da Áustria na Ásia e os dois países têm fortes complementaridades econômicas.

Observando que os dois lados compartilham forte aspiração de aprofundar a cooperação, Kurz apontou que o potencial de cooperação é enorme e são bem-vindos para a Áustria mais investimentos das companhias chinesas, assim como mais turistas chineses.

PROMOVER INTERCÂMBIOS ENTRE CORPOS LEGISLATIVOS

Em suas conversas separadas com o presidente do Conselho Nacional austríaco, Wolfgang Sobotka, e com o presidente do Conselho Federal, Ingo Appe, Li salientou que a cooperação entre os corpos legislativos dos dois países deve "seguir de perto o ritmo de desenvolvimento das relações entre países", através da consolidação do entendimento mútuo e troca de experiências em áreas como supervisão legislativa, por meio de visitas regulares, para criar um bom ambiente jurídico para a cooperação pragmática.

Observando que os intercâmbios culturais e entre pessoas têm sido sempre a parte mais ativa das relações China-Áustria, Li pediu aos corpos legislativos que "respondam às vozes da população" promovendo a cooperação em arte, música, esportes e regiões locais e avançando os intercâmbios entre os jovens.

Os dois líderes do parlamento austríaco expressaram a vontade de fortalecer intercâmbios e cooperação com a Assembleia Popular Nacional da China, dizendo que o lado austríaco valoriza altamente o desenvolvimento dos laços entre os dois países. Eles promoverão a implementação do acordo de cooperação bilateral e farão avançar os intercâmbios interpessoais e culturais entre os dois países.

Durante sua estada na Áustria, Li também se reuniu com funcionários regionais de Salzburgo para discutir a cooperação entre regiões locais dos dois países. Li e Van der Bellen também participaram de uma cerimônia para entregar oficialmente um panda gigante da China para o lado austríaco.

Depois de encerrar sua viagem na Noruega em 18 de maio, a estada de Li na Áustria foi a segunda escala de sua viagem de 10 dias na Europa, que também o levará para a Hungria.

   1 2 3 4 5 6 7 8   

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001380797801